Resende-costense conquista medalha de bronze no Mundial de Jiu-Jitsu


Esporte

Vanuza Resende0

fotoO lutador Otávio Ribeiro representou Resende Costa no campeonato mundial de Jiu-Jitsu (foto arquivo pessoal)

O resende-costense Otávio Ribeiro da Silva, 32, representou mais uma vez a cidade em um campeonato mundial de Jiu-Jitsu. Entre os dias 10 e 13 de dezembro, Otávio esteve em Campinas (SP) para disputar o Mundial de Jiu-Jitsu Esportivo realizado pela CBJJE (Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu Esportivo). Otávio conquistou o terceiro lugar na Categoria Peso Pena (até 70 quilos). O atleta falou sobre a disputa: “Lutei em uma categoria com atletas rápidos e com alto nível técnico. Foi uma disputa acirradíssima. Depois de intenso embate, o tão sonhado pódio: bronze no Mundial de Jiu-Jitsu da CBJJE. Eu havia disputado ano passado, mas infelizmente o pódio não veio. Talvez ainda não fosse a hora certa.”

A comemoração do título vem depois de mais de um ano sem disputar uma competição. “Foi muito gratificante participar de mais um campeonato de Jiu-Jitsu, mesmo com todas as dificuldades e o medo que eu estava de viajar, por causa da Covid-19. Mas sempre pedi a Deus para me abençoar. Estava sem participar havia algum tempo. O último (torneio) do qual participei foi em Barbacena, em outubro de 2019”, diz Otávio. O atleta falou sobre a oportunidade de participar de um campeonato de alto nível. “Participar do Mundial foi uma experiência e tanto, ainda mais subindo ao pódio. Esse é um dos maiores campeonatos do Brasil, que conta com a presença de vários atletas, de várias partes do mundo. Como consequência, tivemos um campeonato de alto nível técnico”, destaca.

 

2020 atípico

 

Em 2020, assim como em outras categorias, os campeonatos de Jiu-Jitsu foram adiados ou cancelados. O Mundial que Otávio disputou estava marcado para acontecer em julho, mas não foi possível ser realizado devido às restrições impostas pela pandemia. Para a realização do evento em dezembro, foi exigida testagem de todos os participantes, além do cumprimento de medidas de segurança e higiene. O campeonato foi realizado sem a presença de público.

De acordo com Otávio, além das competições, os treinos também foram suspensos por longo período, retornando com muitas restrições. “Fiquei cerca de seis meses sem treinar; voltei com os treinos em agosto. Quando retornei, fiz treinos de alta intensidade, com meses de preparação exaustiva. Treinava quase duas horas diárias em casa e, graças a Deus, a preparação foi muito boa, mesmo em meio à pandemia”, comenta o atleta resende-costense.

Para este ano, Otávio faz planos de disputar outras competições. “A expectativa para 2021 é muito grande. Primeiro: que a vacina contra essa doença seja concretizada e possamos viver com tranquilidade. Segundo: que os principais campeonatos de Jiu-Jitsu voltem, para que possamos fazer o que amamos, que é lutar”, planeja.

Otávio começou a praticar o esporte em 2011 e já representou Resende Costa em diversas competições de Jiu-Jitsu, sendo, inclusive, campeão do Pan e do Brasileiro. Ele comemora por ter encerrado o ano de 2020 com o título de bronze no Mundial da CBJJE. “Quero agradecer a Deus por me dar força e condição de lutar. Agradeço também à minha família, em especial minha esposa Regina, que sempre me apoia. Agradeço à minha equipe Bauer Team e digo que esse Bronze é de todos vocês que estão comigo. Quero ainda agradecer aos meus patrocinadores que me apoiaram mesmo na dificuldade de um ano como esse: Supermercado Resende Costa, Resende Turismo, Contemp Service Contabilidade, Alessandro Telinhas, Gráfica Mapa Artes, Espa Çoart, Expedicionário e Prefeitura Municipal de Resende Costa”.

Deixe um comentário

Faça o login e deixe seu comentário