Alunos da rede estadual retornam às aulas nesta segunda-feira


Educação

Vanuza Resende0

Alunos da centenária Escola Estadual Assis Resende, em Resende Costa, retornaram às aulas remotamente. Devido ao distanciamento social, o conteúdo das disciplinas será ministrado através de aplicativo, e as aulas poderão também ser acompanhadas pela Rede Minas de Televisão (foto: André Eustáquio)

As aulas da rede estadual de Minas Gerais retornam nesta segunda-feira, 18. Quase dois milhões de estudantes estão sem aulas desde o último dia 13 de março, por causa da pandemia do novo coronavírus. Devido às medidas de distanciamento social, o ensino será remoto, ou seja, os alunos assistirão às aulas em casa através de aplicativo disponibilizado pela Secretaria de Educação de Minas Gerais.

A diretora da Escola Estadual Assis Resende, em Resende Costa, Roseni Fernandes, falou ao JL sobre como a instituição se preparou para o retorno das aulas. “Estamos estudando todo o material da Secretaria Estadual. Fizemos videoconferências com diversos setores para que esse retorno aconteça da melhor forma”. A diretora explicou que a escola está buscando mecanismos para se comunicar com os alunos, que se encontram em casa. “Para quem não tem internet nós estamos buscando uma outra forma de contato. A gente não quer deixar ninguém de lado. Estamos entrando em contato via telefone, telefone do vizinho, associação de bairros. Estamos também entrando em contato com a Secretaria Municipal de Educação para os alunos da zona rural”. Ainda de acordo com Roseni, a maioria dos alunos já havia sido contatada até a última sexta-feira, 15.

Conteúdo disciplinar

O conteúdo das disciplinas foi dividido de acordo com os dias das semanas, criando-se um calendário. Na segunda-feira, a temática será linguagens (Português, Inglês, Literatura, Artes e Educação Física). Na terça, Ciências Humanas (História e Geografia). Matemática será às quartas-feiras. Na quinta será a vez das Ciências da Natureza (Biologia, Química e Física). E na sexta, uma programação específica voltada aos alunos que estão se preparando para o Enem. Os alunos do ensino médio terão aulas das 7h30 às 9h. Já os alunos do ensino fundamental das 9h às 10h30.

As aulas não serão ministradas pelos professores da instituição. Todos os alunos da rede estadual terão acesso ao mesmo material preparado pelos professores específicos do estado. Todo o conteúdo será exibido na TV pela Rede Minas, e as apostilas também estarão com o conteúdo das disciplinas estarão disponíveis no aplicativo Conexão Escola.

A navegação no Conexão Escola será paga pelo Estado, não descontando do plano de dados do aluno ou do professor enquanto eles estiverem conectados no aplicativo. “O aluno que não tem internet vai precisar de um ponto de internet para baixar o aplicativo no play store, mas depois ele não precisa mais de internet”, reforça Roseni.

O conteúdo será organizado em apostilas, que serão elaboradas mensalmente por profissionais de educação da rede estadual em parceria com professores das redes municipais de ensino. A previsão da SEE é que, a partir do dia 25, o aplicativo disponibilize também chat para interação entre os alunos e professores das instituições estudam.

O material para estudo será oferecido aos alunos através de apostilas. Os Planos de Estudos Tutorados (PET) estão disponíveis em: estudeemcasa.educacao.mg.gov.br

Aplicativo Conexão Escola

Será necessário aos alunos informar alguns dados pessoais para acessar o aplicativo Conexão Escola que disponibiliza o conteúdo de estudo. A diretora Roseni Fernandes orienta como fazer o primeiro acesso. “No campo do usuário, o aluno vai ter que digitar o número da matrícula dele. O aluno normalmente não tem acesso a esse número. Alguns alunos já tiveram acesso através do contato da secretaria da escola. Aqueles que não tiveram vão clicar na opção “não sabe seu usuário ou senha”. Nesse momento, o aplicativo vai direcioná-lo para um formulário onde ele vai preencher alguns dados pessoais. Assim que ele preencher, deve colocar o nome da mãe. O próprio aplicativo vai gerar um número de matrícula. A senha dos alunos é a data de aniversário completa. Por exemplo, aquele aluno que nasceu no dia oito de agosto de 2000 deve preencher: 08/08/2000. É importante não esquecer das barras”. Após o login, o aluno tem acesso a todo material das aulas, mesmo sem internet.

Frequência e avaliação

De acordo com Roseni, as aulas foram preparadas para duração de um mês. “Essas aulas vão ser descontadas no final do ano. Porque nós temos uma exigência curricular de 800 horas/aulas anuais. E essas aulas não presenciais vão ser somadas para, no final, serem descontadas do tempo exigido”. Não haverá avaliações, mas os alunos deverão fazer exercícios. “Os alunos terão atividades semanais, mas eles só vão entregar esse pacote (de atividades) depois de trinta dias. Não terá avaliação. Quando as aulas presenciais retornarem, o professor de cada disciplina vai aplicar uma avalição referente a todas atividades que foram aplicadas durante as aulas não presenciais, a fim de avaliar o aluno”, explica a diretora.

Para esclarecimentos de dúvidas, a Escola Estadual Assis Resende está planejando elaborar grupos de estudo com os alunos, direção e supervisão. No entanto, esses grupos ainda não foram formados. “A orientação é que a escola permaneça fechada tanto para alunos quanto para o público em geral. Os contatos serão via telefone ou e-mail”, informa Roseni, que pede aos alunos tranquilidade neste novo processo educacional: “Peço que todos tenham calma. Tudo que é novo causa certa apreensão. Mas depois que nos apropriarmos do programa tudo vai ficar tranquilo. A partir desta segunda-feira, os alunos podem assistir aos programas através da Rede Minas ou acessar o site estudeemcasa.educacao.mg.gov.br. Há ainda a possibilidade de assistir às aulas pelo aplicativo Conexão Escola”.

A diretora Roseni Fernandes orienta os alunos sobre as avaliações: “Depois de você, aluno, assistir às aulas, vai fazer exercícios referentes aos assuntos discutidos nas aulas até o final do mês, nas apostilas chamadas PET”.

Pais e alunos poderão entrar em contato com a Escola Assis Resende, através do telefone, ou pelo Facebook, no intuito de esclarecerem eventuais dúvidas. De acordo com a diretora, a escola está organizando os canais de comunicação para ter contato com os alunos que ainda não foram contatados. “Problemas vão aparecer, mas acredito que vai dar certo e será bom. Ficar em casa pode ser angustiante, mas é preciso respeitar sempre as normas de segurança e o isolamento social. O primordial é a vida, mas a gente não pode deixar a vida parar. Ela precisa continuar. E o saber é fundamental. Mesmo que não seja o ideal, vamos fazer da melhor forma possível”, conclui Roseni Fernandes.

Contatos com a E.E. Assis Resende: (32) 3354-1203; escola.134368@educacao.mg.gov.br; facebook.com/escolaestadualassisresende

 

Deixe um comentário

Faça o login e deixe seu comentário