Em Viseu, o 1º lançamento do livro “Cidades e Resendes” em Portugal


Cultura

Da redação0

Na Biblioteca Municipal de Viseu (fotos: Lina Friedrich).

O primeiro lançamento em Portugal do livro “Cidades e Resendes – Uma viagem por Portugal continental, Arquipélago dos Açores, Minas Gerais e Cabo Verde” (Chiado Books), do jornalista José Venâncio de Resende, aconteceu dia 9 de setembro (sábado) em Viseu, cidade da Beira Alta, região do centro do país. O evento, no auditório da Biblioteca Municipal, foi uma parceria com a Associação Casa do Brasil (ACB-Viseu), como parte das comemorações de dois anos de vida da entidade. Metade da receita da venda dos livros, tanto no dia do evento quanto posteriormente dos exemplares restantes, é destinada ao apoio às atividades da ACB-Viseu.

Ao apresentar o autor do livro, Rozirene Emeterio Leite, coordenadora do evento, lembrou a missão do jornalista “Em tempos em que imprensa, tem sido, cada vez mais atingida por governos autoritários.” Ela fazia referência aos ganhadores do Prêmio Nobel da Paz desse ano, Maria Ressa e Dmitry Muratov, por sua “luta corajosa” em defesa da liberdade de expressão nas Filipinas e na Rússia, respectivamente. Também citou o padre e escritor Joaquim Correia Duarte, um dos apresentadores do livro, a poeta Adélia Prado, sua conterrânea de Divinópolis (Minas Gerais), e “o inesquecível Fernando Pessoa”.

O livro é uma coletânea de textos (reportagens e notícias) publicados no Jornal das Lajes, desde a primeira viagem do autor a Portugal em 2012. O principal objetivo é promover a aproximação entre as comunidades de cidades ligadas aos Resendes, entre elas Resende e a Freguesia de Cabanas de Viriato (Município de Carregal do Sal), ambas no distrito de Viseu. Neste sentido, o autor propõe, na introdução do livro, a criação da RCR – Rede de Cidades Resendenses; como primeira iniciativa, criou um espaço no facebook associado à sua página e também já registrou o domínio redecidadesresendenses.com para futuro site.

O vereador Fernando Marques, representando a presidente da Câmara Municipal, Conceição Azevedo, destacou a importância do evento para aprofundar a integração dos imigrantes na comunidade local e regional. A presidente da ACB-Viseu, Maria Elisa Fraga, falou das atividades da entidade, tanto para promover a empregabilidade dos imigrantes quanto no apoio a famílias necessitadas durante a pandemia. Já Diamantino Santos, presidente da Junta de Freguesia de Viseu, elogiou a introdução da vertente cultural, com o lançamento do livro, nas atividades da ACB-Viseu.
 
  

 

Deixe um comentário

Faça o login e deixe seu comentário